Importância do Aprendizado da linguá Inglesa

 Importância do Aprendizado da linguá Inglesa
http://bit.ly/1TPrimo


Press Ctrl-c to copy
bit.
O inglês é uma língua que em minha opinião deve ser aprendida por todos porque em tudo a nossa volta tem o inglês como língua primaria. Um exemplo seria o próprio computador e as funções dele que vem totalmente em inglês, temos também as musicas em inglês, jogos, filmes, séries, enfim tudo o que apreciamos e gostamos no entretenimento é nessa língua.
 http://bit.ly/1TPrimo       http://bit.ly/1UIngles-Completo
Com sua origem na Inglaterra, o inglês é a língua considerada universal, isto é, pode ser falada em qualquer lugar do mundo que é compreendida. Existem diferenças fonéticas no inglês norte-americano e no inglês do Reino Unido que, em minha preferencia, concordo que o americano é a forma mais digamos bonita do inglês em sua conversação.
A importância de se aprender inglês é que você pode se destacar dentre os demais, você pode viajar sem necessidade de gastar com interpretes e tradutores, você pode se destacar numa entrevista de emprego sendo que nesse caso o próprio entrevistador falara contigo em inglês para saber o nível de aprendizagem que você tem. Se você gosta de trabalhar com tecnologia, o inglês é fundamental pois eh a língua mais usada nas linguagens de programação, nos programas de computador, sites, jogos enfim nessa gama imensa de possibilidades.
A necessidade de aprender uma língua estrangeira é essencial para crescer o seu conhecimento e também para se igualar ao restante do mundo, derrubando todas as barreiras para conhecer pessoas, se relacionar, cantar, fazer o que realmente importa para cada um.
Em especial, falarei das musicas na língua inglesa. Tenho certeza que em algum momento da sua vida a musica foi presente e marcou lembrança por algum momento especial, algum momento histórico e consequentemente algumas dessas canções foram interpretadas dessa maneira. Também posso citar aqui diversos filmes que também podem ter marcado sua vida e com certeza foram feitos em Hollywood ou em algum lugar dos EUA ou ao redor do planeta  história do inglês, um idioma germânico ocidental que se originou dos dialetos anglo-frísios levados à Grã-Bretanha pelos invasores germânicos de diversas ilhas da região que atualmente corresponde aos Países Baixos e ao noroeste da Alemanha. Inicialmente, o inglês antigo era um grupo diversificado de dialetos, que refletia as origens variadas dos reinos anglo-saxões da Inglaterra. Um destes dialetos, o saxão ocidental tardio, eventualmente se sobrepôs aos outros. O idioma foi então influenciado por duas ondas posteriores de invasões: a primeira por falantes do ramo escandinavo da Família Linguística Germânica, que conquistaram e colonizaram diversas partes da Britânia nos séculos VIII e IX, e a segunda pelos normandos, no século XI, que falavam o antigo normando e eventualmente o desenvolveram numa variedade inglesa conhecida como anglo-normando. Estas duas invasões fizeram com que o inglês se tornasse, até certo ponto, uma “mistura” de idiomas.
A convivência com os escandinavos resultou numa significante simplificação gramatical e num enriquecimento léxico do núcleo anglo-frísio do inglês; A ocupação posterior dos normandos enxertou naquele núcleo germânico uma camada mais elaborada de palavras de origem românica. Esta influência normanda entrou na Inglaterra principalmente por meio das cortes e do governo; como resultado, o inglês acabou por se tornar um idioma de empréstimos, de grande flexibilidade, com um vocabulário amplo e variado.
A língua Inglesa tem suas raízes nos povos germânicos da Europa Setentrional. Nos tempos do Império Romano, grande parte da região ocupada pelos germanos (Germânia) manteve-se independente de Roma, apesar de que alguns territórios ao sul foram conquistados com o passar dos anos. Germanos serviram em tropas militares romanas, sendo que uma parcela de tungrosbatavos frísios serviram na província romana da Britânia. A presença e a influência germânica expandiu-se durante o Período Migratório, o qual foi desencadeado pela queda do Império Romano. A presença germânica na região durou do século V ao século VII, seguindo à era de domínio romano. A Crônica Anglo-Saxônica relata que em torno do ano 449, Vortigerno, Rei dos Bretões, aliou-se aos reis Hengist e Horsa contra os invasores Pictos, recuperando territórios ao sul da Bretanha. Isto levou massas de colonizadores que eventualmente estabeleceram sete reinos, o que ficou registrado na história como HeptarquiaBeda, autor da História Eclesiástica, de 731, relata a invasão de anglossaxões jutos, ainda que a natureza precisa destas invasões e o processo de colonização destes povos em particular seja ainda hoje objeto de discussão entre os especialistas. As línguas faladas pelos povos germânicos que inicialmente ocuparam a Bretanha são parte do ramo Ocidental das Línguas germânicas. Consistiam em dialetos falados majoritariamente na região do Mar do Norte, que corresponde à atual Dinamarca, aos Países Baixos e ao norte da Alemanha. Devido a similaridades entre o Inglês e o Frísio antigo, um grupo Anglo-frísio também é comumente identificado. Estes dialetos têm grandes aspectos das línguas ocidentais germânicas, incluindo uma grande parcela de flexões gramaticais. O vocabulário, em sua grande parte, deve-se do tronco germânico, ainda que o Latim tenha influenciado a esses povos germânicos devido ao contato com a cultura.
SAIBA  MAIS  COMO  FALAR COM INFLUÊNCIA O INGLÊS AQUI : http://bit.ly/1UIngles-Completo
Vamos aprender para nunca esquecer!!!!!
As vagas para este curso são limitadas ,garanta já a sua vaga aqui;http://bit.ly/1UIngles-Completo
 ”Para se tornar um PROFISSIONAL de sucesso, alguém algum dia, teve que tomar uma atitude de coragem e fazer um curso eficaz”(Altamiro Primo)

admin

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *